Técnico em química

ETEC BEST.

O técnico em química da escola ETEC BEST, mostra conteúdos e professores aplicados. Onde os conteúdos são explicitamente desenvolvidos.

O QUE UM TÉCNICO EM QUÍMICA FAZ?

Realiza análise química quantitativa e qualitativa, mede PH e analisa organismos microbiológicos, matéria-prima e produtos finais na indústria. Participa do desenvolvimento de testes e ensaios com materiais e processos físico-químicos diversos.

QUAIS SÃO OS CARGOS DE UM TÉCNICO EM QUÍMICA?

  • Analista de Desenvolvimento Analítico
  • Analista de Laboratório
  • Analista Químico
  • Auxiliar de Laboratório

O QUE OS ALUNOS PENSAM DO TÉCNICO EM QUÍMICA?

NICOLLI, aluna do período da manhã na escola, e agora integrante do técnico em química do período da noite.

  1. Como foi o Vestibulinho?

‘’ Fácil, após a semana de prova, em tão estava tudo mais fresco em minha memorias’’

  1. Como é o técnico em química?

‘’ O técnico alcançou muito meus objetivos’’

  1. Qual matéria é interessante em seu ponto de vista?

‘’ TMI- Tópicos de materiais inorgânicos ‘’

  1. O que o técnico mudou na sua vida?

‘’ Me deu uma rotina, mais regrada’’

 

 

  1. O que você está achando da estrutura da escola?

‘’ A escola está muito bem preparada’’

  1. Porque a escolha do técnico em química?

‘’ Planejamento de futuro, afinidade com a matéria especifica de química’’

JONAS, aluno do período da noite do técnico em química.

  1. Como foi o Vestibulinho?

“Pouco difícil”

  1. Como é o técnico em química?

‘’ Muito legal, um sonho’’

  1. Qual matéria é interessante em seu ponto de vista?

‘’ Química orgânica, analise de processo físico-químico’’

  1. O que o técnico mudou na sua vida?

‘’ Ajudou na escola, estou cumprindo meu sonho’’

  1. O que você esta achando da estrutura da escola?

‘’ Professores: muito bom

  1. Porque a escolha do técnico em quimica ?

‘’ Abrange todos os técnicos”.

download (1)

Grupo 5  3ºA. Luan, Gabriel, Micael, Lucas Curti, Gustavo, Natasha.

Anúncios

OBA para o BeSt.

OLIMPÍADA BRASILEIRA DE ASTRONOMIA E ASTRONÁUTICA

A XVIII OBA ocorreu em maio de 2015 e teve um grande interesse por parte dos alunos em participar.

Entre os vários objetivos da OBA, um deles é o de selecionar equipes para representarem o Brasil na Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica e na Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica e é com muito orgulho que podemos parabenizar os nossos alunos da ETEC Benedito Storani que foram pré-selecionados para as Olimpíadas Internacionais. Os mesmos passarão por outras etapas online e presencial, mas com certeza estaremos na torcida.

Parabéns!!!!!

Por Luciana N. Whitehead e Marina C. Ferreira

 

Alunos pré-selecionados:

Guilherme de Barros Monteiro Ferreira

Higor Tessari

Vanessa Ribeiro Cordeiro

Lucas de Sordi Curti

Letícia Ferreira de Pinho

Nathalia Sousa dos Santos

Pedro Mathias de Almeida

Tivemos o privilégio de conversar com alguns dos alunos pré-selecionados para a representação do Brasil nas olimpíadas fora do país.

Quando perguntados sobre a reação ao saber sobre a pré-seleção, todos os alunos entrevistados responderam sobre a surpresa e felicidade no momento em que souberam deste resultado.

A OBA, para a aluna Vanessa, do 2ºano, despertou um interesse para a área de astronomia e aeronáutica, chegando a cogitar e procurar informações sobre o curso de Engenharia Aeronáutica no ITA, a universidade referencia da área no Brasil.

Já para Nathalia (aluna do 3ºB), que ficou sabendo da pré-seleção pela ligação de sua colega de sala, Letícia, também pré-selecionada, a oportunidade de participar destas próximas fases é de extrema importância e prestigio, já que adquirirá mais conhecimentos da área, com a qual tem grande afinidade. Para ela, a área astronômica é de suma importância.

Para o aluno Pedro, do 3ºagro, o fato de ter sido pré-selecionado traz grande prestígio, mesmo não tendo a oportunidade de estar se empenhando para as frases conseguintes, devido aos estudos para vestibulares.

Para os alunos Higor, Vanessa e Guilherme, do 2ºano, e aos alunos Pedro e Nathalia, do 3º ano, cabe o incentivo a todos os alunos, presentes e futuros, para que participem das próximas edições da OBA e tenham o privilégio de adquirir mais conhecimentos, além, é claro, de uma experiência única.

G5 – 3ºB

Feira Guia do Estudante

No dia 21 de agosto nossa escola marcou presença no evento Feira do Guia do Estudante em São Paulo, na Expo Center Norte, promovida pela revista Guia do Estudante. Alunos do terceiros e do segundos ano médio visitaram diversos estandes com o objetivo de serem introduzidos a um determinado curso universitário. As principais atrações foram entrevistas com celebridades como Rafinha Bastos, André Vasco, Paulo Nobre, Marco Sampaio e o famoso grupo Ciência em Show, que contaram como foi o processo para alcançarem o sucesso. Além dessas atrações, o evento proporcionou simulados, testes vocacionais e palestras dirigidas por profissionais de diversas áreas do conhecimento.

Confira as entrevistas feitas com os alunos da escola:

“Na Arena estava tendo o Ciência em Show, achei bacana pela experiência e por ter participado, não somou muito a minha profissão, mas foi bacana ter conhecido. Participei de uma palestra sobre Design de games (esse é o curso que quero fazer), tinha alguns professores especializados na área contando como funciona, o que é, e onde pode trabalhar, e já decidi que quero entrar no Anhembi Morumbi.”  – José Bohme, 3º ano B.

“Eu conversei com os professores da FEI (Faculdade de Engenharia Industrial), achei legal por que eles explicaram muito sobre o curso, como é e mostraram os projetos que estão fazendo, o bom foi que pude afirmar o curso que realmente quero (Engenharia Elétrica). A feira trouxe uma expectativa menor do que a que tinha pois achei que seria maior e com mais palestras.”  – Vinicius Perassolli, 3º ano B.

“Bom, eu esperava mais da feira, achei que fossem nos ajudar a escolher o curso e não só fazer propaganda das universidades. Como nunca tinha ido a nenhuma uma feira como essa, achei interessante a experiência. Fiquei feliz porque fiz um teste vocacional e deu Gestão Ambiental, que é a área que quero seguir.”   – Aline Guerrera, 2º ano A.

“Eu e minhas amigas fomos à maioria dos estandes, o que ajudou bastante. Conversei com o coordenador de Letras, o curso que quero fazer, e ele me deu uma boa iluminada. A feira atingiu minha expectativa, inclusive as palestras, participei de uma sobre mídia social. Estava lotada, o que atrapalhou um pouco, pois não consegui falar com todo mundo.”  – Amanda Anseio, 2º Nutri.

11995689_910629252360293_1574194716_n 11998155_910629225693629_1306038222_n 11998193_910629199026965_628872601_n FB_20150911_20_33_36_Saved_Picture FB_20150911_20_33_43_Saved_Picture FB_20150911_20_33_48_Saved_Picture FB_20150911_20_33_54_Saved_Picture FB_20150911_20_34_03_Saved_Picture FB_20150911_20_34_11_Saved_Picture FB_20150911_20_34_21_Saved_Picture

Para mais informações sobre cursos e vestibulares: http://guiadoestudante.abril.com.br/

G6

UNESP

Criação:
A UNESP, criada em 1976, resultou da incorporação dos Institutos Isolados de Ensino Superior do Estado de São Paulo, então unidades universitárias situadas em diferentes pontos do interior paulista. Abrangendo diversas áreas do conhecimento.
De lá pra cá houveram várias modificações, e em 2003, atendendo a numerosas solicitações e de acordo com a política do governo estadual de promover maior incremento do ensino superior público, a UNESP se expandiu em várias direções com a criação das então chamadas Unidades Diferenciadas, atualmente denominadas Campi Experimentais (2006).

Unidades:
-Araçatuba
-Araraquara
-Assis
-Bauru
-Botucatu
-Dracena
-Franca
-Guaratinguetá
-Ilha solteira
-Itapeva
-Jaboticabal
-Marília
-Ourinhos
-Presidente Prudente
-Registro
-Rio Claro
-Rosana
-São João da Boa Vista
-São José do Rio Preto
-São José dos Campos
-São Vicente
-Sorocaba
-Tupã

Inscrições:
De 14/09 a 13/10
O aluno interessado deverá retirar a senha junto a direção da escola, preencher a ficha de inscrição e imprimir o boleto bancário. A inscrição só será efetivada após a confirmação do pagamento da taxa de inscrição.

Taxa de inscrição:
A taxa é de  R$ 155,00. E alunos do último ano da rede estadual de ensino médio de São Paulo e do Centro Paula Souza, terão 75% de desconto, pagando apenas R$ 38,75.

Como se inscrever:
A VUNESP enviará para cada escola por meio da diretoria de ensino, senhas que permitirão aos alunos acessarem, no site www.vunesp.com.br, a ficha de inscrição e o boleto bancário a serem preenchidos eletronicamente.

1° fase:  15 de novembro de 2015.
2°fase: 13 e 14 de dezembro de 2015.

mapauu

AVVR03

G1 – 20, 23, 04, 09 – 3°B

Pizza Etec BeSt

Nossa escola é cheia de projetos realizados pelos estudantes, um deles é a  Fetec – Feira Técnica Científica – realizada pelos alunos do segundo ano e dos cursos técnicos que a escola oferece.
A venda de pizzas foi organizada para a melhoria desses projetos, onde todo dinheiro arrecadado será revertido para a compra de materiais necessários para o desenvolvimento dos mesmos.
A pizza é feita na escola pelos alunos do curso de nutrição, contendo os sabores de mussarela, á moda e calabresa, com o custo de R$ 25,00 e a retirada foi feita no dia de hoje na própria escola das 11h até as 14h e das 17h até as 20h.

As deliciosas pizza etecanas.

As deliciosas pizzas etecanas.

A cartela oferecida pelos professores.

A cartela oferecida pelos professores.

G1 – 20, 23, 09, 04 – 3°B

MONITORIA: A Ajuda Extra

A partir de 2015 foi implantado na Escola Técnica Benedito Storani o sistema de monitorias para ajudar os alunos de todas as séries à esclarecem suas duvidas, relembrarem as matérias e treinarem para o tão esperado vestibular. As matérias dadas nas monitorias são: matemática, química e física. Recentemente começaram as aulas de redação com a Raissa Santana, estudante do curso de letras na USP.

Realizamos uma pequena entrevista com a Raissa, para que ela explique como funciona as suas aulas, que funcionam como um pequeno estágio para seu currículo.

Porque você escolheu letras?

R: “Essa pergunta é muito difícil. Bom, eu escolhi letras pois gostava muito de literatura no ensino médio, e muitos dos meus professores favoritos fizeram letras então é por isso.”

Qual o seu propósito aqui na escola?

R: “Oferecer monitorias de literatura e redação para alunos que estão prestando vestibular, como ENEM e FUVEST.”

Quais as principais dificuldades que os alunos levam à você na monitoria?

R: “Detalhes de literatura, texto dissertativo-argumentativo e interpretação de texto.”

Quais seus métodos de ensino?

R: “É uma aula de perguntas e respostas, procuro suprir as dúvidas que os alunos me trazem.

Na sua opinião, qual a importância da redação no vestibular?

R: “Muita importância, porque compõe quase metade da nota do vestibular, então é muito importante.”

Então o que é de principal importância na hora da prova do vestibular?

R: “Interpretação de texto, interpretar as perguntas para saber o que responder.”

Uma dica para os alunos que irão prestar vestibular esse ano.

R: “Estudar muito, muito mesmo. Aprender a ficar esperto, pois o vestibular não é só uma prova que vai testar seus conhecimentos sobre determinada disciplina e sim testar o vestibulando, porque as vezes a resposta da pergunta está na própria pergunta.”

Alguns relatos dos alunos:

“A monitoria é muito boa, ajuda demais, tirei B na prova.” essas são palavras da aluna do 1° ano do ensino médio integrado à nutrição, Amanda Piza, que fez a monitoria de matemática.”

“Dar as aulas me ajudam a relembrar matérias do primeiro e segundo ano, mas também é bom ver que isso ajuda os outros alunos.” relato da aluna Giovanna Pultz, do 3° ano A, que dá aulas de matemática para todas as séries.

Os horários das aulas seguem em anexo no mural da escola.

3° ano A – G4

Etec BeSt entre as 50 melhores na Olimpíada de Agropecuária

A equipe, formada por alunos do 3º ano de agropecuária foram destaque no estado de São Paulo. Em 47º lugar nas duas primeiras fases da OBAP(Olimpíada Brasileira de agropecuária) sendo a melhor classificada no estado, a equipe composta pelos alunos: Gustavo Bueno, Pedro Mathias, Kaway Nunes e João Paulo como professor responsável.

A ultima fase será realizada no mês de outubro, em Poços de Caldas – Minas Gerais, contendo uma prova prática em conjunto e outra individual com questões objetivas. As equipes que receberem ouro na olimpíada serão convidados para a seletiva para representar o Brasil na IESO(Olimpíada Internacional de Ciências da Terra).

Pedro Mathias e Professor João

Pedro  e Professor João

Pedro e Kaway

Pedro Kaway

G4-3ºB