Por que doar sangue?

Neste exato momento, alguém precisa de sangue. É provável que você não saiba quem é seu nome, onde mora. É certo que esta pessoa está precisando de você. Também é certo quem conhecemos é confortante, imagine quando doado para aquele que não conhecemos: é um ato de profundo humanismo e amor ao próximo.

Para amenizar a vida de muitos, a doação de sangue tem que ser um ato continuo, que envolva toda a sociedade. Ser um agente multiplicador requer conhecimentos específicos, para que cada um tenha consciência do real papel social em que está engajado. E o sofrimento, de conhecidos ou desconhecidos, seja reverto em saúde e vida.

Doar sangue é um ato responsável e, sobretudo, solidário. Responsável porque, na entrevista que antecede a doação, o doador já indica a qualidade do sangue, o que é confirmado posteriormente. A solidariedade é uma virtude que já se manifesta quando o doador se dirige a um hemocentro. É o inicio de um processo que não se encerra na coleta do sangue, mas se prolonga quando até seis pessoas recebem os seus componentes ou derivados. Mais que doar sangue, o cidadão está doando vidas.

Conheça o processo para doar sangue:

1º Passo
Realização de um cadastro do doador, com um documento oficial com foto;
2º Passo
Triagem hematológica: coleta de uma gota de sangue para verificar a quantidade de hemácias, atestando se o candidato não está anêmico;

3º Passo
Triagem clinica: entrevista individual, confidencial e sigilosa com um profissional da saúde (medico ou enfermeiro). O candidato não deve ficar constrangido, pois algumas perguntas de rotina serão feitas, como doenças que já teve e sobre comportamento sexual. Com as respostas, o medico avalia se o candidato está apto a doar o sangue. Também é verificada a pressão arterial, peso, altura, temperatura e pulso.

4º Passo
A doação propriamente dita, que dura entre 5 e 10 minutos. Todo material usado na coleta é descartável e feito por um profissional de saúde.
O sangue é coletado numa bolsa de plástico e estéril, que seguirá para o fracionamento, enquanto uma pequena amostra desse sangue seguira para exames laboratoriais obrigatórios.
A liberação desse sangue se dará somente após os resultados dos exames, que também serão de conhecimento do doador.

5º Passo
Após a coleta, o doador deverá descansar por 15 minutos. Após o repouso, será fornecido um lanche leve, que auxilia na reidratação. Também será observado o comportamento do doador e verificado se o mesmo está bem.
Um profissional de saúde acompanhará o doador durante todo o procedimento de doação de sangue.Imagem
G6 3ºB – Nº 07

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s