Unicamp de Portas Abertas

A Universidade estadual de Campinas (Unicamp) é uma das principais Universidade brasileiras e da América Latina e realizará a edição 2013 da Unicamp de Portas Abertas (UPA), que ocorrerá no dia 31 de agosto, das 9 às 17 horas e contará com uma programação ampliada em relação aos eventos anteriores. O objetivo é fornecer ao público um painel abrangente das ações desenvolvidas pela Universidade nas áreas de ensino, pesquisa e extensão  e também no âmbito da cultura e das artes. Além da oportunidade de conhecer os laboratórios da faculdade e institutos, os visitantes também poderão participar das atividades que estarão concentradas no Centro de Convenção e no espaço do estacionamento situado ao lado.

 Imagem

 

http://www.upa.unicamp.br

G7 – 3ºA

Anúncios

Top 10: As bibliotecas mais incríveis do mundo

Nada melhor que um bom lugar para a leitura, um local aconchegante onde podemos no perder nas páginas dos livros.

Que tal fazer um tour pelas bibliotecas mais incríveis do mundo? 

1.  Trinity College Library

    Dublim, Irlanda.

Imagem

É a maior biblioteca irlandesa, formada por vários edifícios diferentes e com mais de 5 milhões de obras no acervo.  O maior tesouro da biblioteca é o Livro de Kells, um manuscrito do século VI.

2.Biblioteca Geral

Universidade de Coimbra, Portugal.

Imagem

Este é um dos maiores orgulhos portugueses, por ter sido construída e decorada inteiramente por artistas da terra. A coleção de obras é de 250 mil volumes.

3.George Peabody Library

John Hopkins University, Baltimore, EUA

 

Imagem

É considerada a catedral dos livros devido à sua arquitetura neoclássica. Conta com mais de 300 mil obras no acervo.

4.Harvard Library

Harvard University, Massachusetts, EUA

Imagem

Fundada em 1638, é composta por diversos prédios e conta com mais de 15 milhões de obras.

5.Library of Congress

Washington, EUA

Imagem

Esta é a maior biblioteca do mundo, contendo mais de 144 milhões de livros, em mais de 470 idiomas. 

6.Biblioteca Nacional do Brasil

Rio de Janeiro, Brasil

Imagem

A Biblioteca Nacional é a maior da América Latina e a sétima maior do mundo, segundo dados da UNESCO. Abriga mais de 9 milhões de itens no acervo.

7.(Antiga) Biblioteca de Alexandria

Al-Iskandariyya, EgitoImagem

A Biblioteca de Alenxandria não existe mais, mas foi criada no século III A.C. Construída pelo faraó Ptolomeu I Sóter, a biblioteca tinha jardins, salas de jantar, salas de leitura, anfiteatros e muito mais.

8.Beinecke Rare Book and Manuscript Library

Yale University, Connecticut, EUA

Imagem

Esta biblioteca é o maior centro de livros e manuscritos raros do mundo. 

9.Biblioteca PIO IX

Universidade Lateranese, Roma, Itália

Imagem

A Biblioteca Pio IX é conduzida pelo papa, desde que foi fundada em 1854. É formada pelo prédio principal e por vários outros prédios na cidade. O acervo contém coleções papais privadas e mais de 400 mil obras raras e antigas.

10.Biblioteca Filológica

Berlin, Alemanha

Imagem

A biblioteca foi inspirada no formato de um cérebro humano,  inaugurada em 2005.  Já possui mais de 700 mil volumes.

 

 

 

fonte: http://blog.culturainglesa-ce.com.br/cultura-2/as-bibliotecas-mais-incriveis-do-mundo

G7 – 3°A

 

Visita à refinaria da Petrobras – REPLAN

No dia 27 de agosto (terça-feira) alguns alunos dos terceiros anos realizaram uma excursão, acompanhados dos professores Murilo e Marina, à Refinaria de Paulínia – REPLAN – inaugurada em 1972, com capacidade de produzir 360 mil barris por dia, sendo a responsável por cerca de 20% do combustível consumido no Brasil. Tinham como objetivo aprender mais sobre os processos produtivos e importância do petróleo na atualidade, e a cerca da atuação da empresa Petrobras sobre esse setor.

Na visita primeiramente os alunos se reuniram em um anfiteatro para uma conversa descontraída, em que um representante da empresa esteve expondo informações sobre todas as atividades e conduta, tanto da refinaria como de toda a rede Petrobras. Após um breve intervalo todos foram conduzidos novamente ao ônibus para um tour no qual foi possível observar tanques de armazenamento, casa de força, espaço de resfriamento das águas, torres de destilação, e outras obras que compõem toda a área de 9,1 km².

O passeio foi proveitoso a todos, pois possibilitou o esclarecimento de dúvidas e a descoberta de novas curiosidades sobre o tema, além de despertar o interesse de vários alunos para formação em diversas áreas. Imagem

G7 – 3°A

 

 

Show de Talentos

Ontem, 26 de agosto, foi realizado o terceiro Show de Talentos ETEC BeSt dos primeiros anos. Teve início às 9:00h e fechamento às 10:00h; com o tema “Décadas”, contou com nove apresentações de dança, todas a caráter, passando desde o clássico Elvis Presley, com Blue Suede Shoes até a rebeldia de Queen, We Will Rock You, passando pelo ousado MC Hammer, em U Can’t Touch This. Após o término das exibições, seguiu-se com aula normal.

ImagemGrupo do 1ªB, dançando Twist and Shout dos Beatles.

ImagemApresentação de Dirty Dance e Jailhouse Rock, Elvis Presley.

ImagemWe Will Rock You, Queen.

Grupo do 1º B com a música U Can’t Touch This, MC Hammer.Imagem

Imagem

ImagemAlunos do 1ºA apresentando The Time of My Life, Dirty Dancing.

ImagemI Love Rock’n Roll, de Joan Jett & The Blackhearts.

ImagemGrupo do 1º A.

Grupo do 1º B.Imagem

G7, 3ªA.

Câmara aprova royalties para saúde e educação, e texto vai à sanção

Após um acordo entre o Palácio do Planalto e líderes partidários, a Câmara dos Deputados concluiu nesta quarta-feira (14) a votação do projeto que destina 75% do total dos royalties do petróleo para a educação e 25% para a saúde. Os deputados derrubaram a proposta original do governo e decidiram destinar 50% do Fundo Social — espécie de poupança formada com recursos que a União recebe na produção do pré-sal — para educação e saúde.

O texto, que já havia sido aprovado pelo Senado, segue agora para a sanção ou veto da presidente Dilma Rousseff.

Os royalties que serão destinados para educação e saúde se referem apenas aos novos contratos da União com comercialidade declarada a partir de 3 de dezembro de 2012. Royalties de campos em atividade há mais tempo, como nos estados produtores do Rio de Janeiro e Espírito Santo, continuarão a ser aplicados pelos governos estaduais.

Ednan 08 3°A G8